Skip to main content

Boas estratégias de logística para e-commerce tem sido um desafio para as empresas. Cada vez mais, o brasileiro se adapta às compras pela Internet. E, diante de um cenário promissor, torna-se necessário otimizar a oferta para se destacar no mercado. Para se ter ideia, o e-commerce fechou o ano de 2021 com um avanço de 38%, com faturamento próximo a R$ 304 bilhões. Para dar conta das demandas, o dropshipping tem se apresentado como solução.

Tendo em vista as vantagens dessa estratégia para o negócio, elencamos alguns tópicos explicativos sobre dropshipping. Não deixe de acompanhar o conteúdo!

O que é dropshipping?

Primeiramente, dropshipping é um método de organização da logística varejista pelo qual o vendedor transfere a responsabilidade pelo estoque e o envio de produtos a um terceiro.

Em termos simplificados, o vendedor anuncia e comercializa produtos sem tê-los em estoque. Este modelo de gestão, é claro, funciona perfeitamente para o comércio eletrônico, como veremos com maior detalhamento a seguir.

Como funciona essa operação?

O dropshipping funciona da seguinte maneira: a empresa anuncia e vende produtos que não constam em seu estoque. Para que a mercadoria seja entregue ao consumidor, portanto, ela firma parceria com um fornecedor ou com outra empresa lojista.

Assim que a compra é concluída, o vendedor repassa o pedido a este parceiro, que fica responsável pela entrega ao consumidor final. Em suma, o armazenamento em centro de distribuição, a logística e o envio da mercadoria ficam a cargo do fornecedor.

Quais as vantagens do dropshipping?

Confira agora algumas vantagens do dropshipping!

Otimização do tempo

Uma das vantagens desta operação, especialmente para quem está iniciando um empreendimento, é a possibilidade de direcionar os esforços para o aprimoramento da loja virtual. Afinal, o tempo que seria empenhado em estoque e logística, pode ser reorientado para as ações estratégicas, a exemplo do marketing.

Otimização dos recursos

Outro benefício que vale destacar é a redução dos esforços, tanto humanos quanto financeiros. Como visto, o trabalho das equipes pode ser direcionado às funções mais importantes da loja. Além disso, é possível amenizar gastos com armazenamento e distribuição. Tudo isso, portanto, permite expandir os investimentos e crescer no mercado.

Redução de custos com last mile

Por fim, cabe trazer a possibilidade de reduzir custos com entrega last mile. Afinal, a última milha está inserida no processo de entrega, que ficará sob a responsabilidade do fornecedor. Vale lembrar que este é um dos processos mais custosos para as empresas, que buscam constantemente alternativas para otimizar a logística de entrega.

Sem dúvidas, o dropshipping tem sido solução para as empresas que desejam escalar as vendas sem elevar custos operacionais e aumentando os lucros. Trata-se de uma operação vantajosa tanto para a loja quanto para os parceiros. Para o vendedor, é possível transferir a responsabilidade sobre a logística do produto, enquanto o fornecedor pode se aproveitar do sucesso das vendas no empreendimento pelo dropshipping.

E então? Gostou do conteúdo? Agora que você já sabe como funciona o dropshipping, confira as soluções da HandOver para a logística da sua empresa e dos seus parceiros!