Descubra as tendências logísticas para 2022 e em quais investir!

As tendências logísticas 4.0 para 2022 prometem muitas inovações tecnológicas. Isso porque a transformação digital acelerou significativamente nos últimos anos, principalmente em decorrência da Covid-19. 

Dessa forma, a inserção da inteligência artificial nos processos — principalmente logísticos — se tornou uma necessidade, e não mais um diferencial. Afinal, entender os impactos da tecnologia 5G, por exemplo, é uma forma de aproveitar os seus benefícios e se destacar no mercado. 

Então, neste artigo vamos explicar as tendências de logística deste ano e em quais você deve investir para otimizar os processos do seu negócio. Começaremos com um panorama do ano passado e traremos opções promissoras. Vamos lá?

Cenário em 2021

Que a pandemia transformou o mundo não é segredo. A crise trouxe diversos impactos negativos para as pessoas, como desemprego e desaceleração da economia. No entanto, a participação virtual das empresas aumentou significativamente.

Uma pesquisa apresentada pelo site Terra não nos deixa mentir. No primeiro quadrimestre de 2021, o transporte de carga no Brasil aumentou 38% em relação ao mesmo período em 2020, segundo o Índice de Movimentação de Cargas do Brasil, publicado pela AT&M.

O motivo desse comportamento é o número elevado de compras on-line, que antes era uma necessidade e agora virou tendência entre as pessoas. O resultado foi tão positivo que movimentou o setor ao ponto de recrutar mais pessoal.

Em 2022 as previsões são ainda melhores, e os recursos são diversos. Então, com papel e caneta na mão, continue a leitura e descubra as maiores tendências no setor!  

Automatização de processos com Inteligência Artificial 

A Inteligência Artificial (IA) ainda não está totalmente consolidada no Brasil, mas a tendência é intensificar sua implementação em 2022. Então, inserir essa estratégia na logística é questão de tempo, já que os benefícios são diversos. 

Apesar da grande relutância dentre os brasileiros em relação a IA, principalmente em relação ao “roubo” de empregos das pessoas, a sua presença no meio logístico é importante por auxiliar na robótica, automatização, desenvolvimento de softwares e outros. 

Exemplo disso é o big data, utilizado para cruzar informações internas, como histórico de vendas, dados de redes sociais e outras informações obtidas através da internet. Além disso, também pode ser utilizado em transferência de produtos no armazém por meio da robótica. 

Uso de drones

Os drones estão, literalmente, decolando na logística. Apesar de serem instrumentos muito conhecidos para tirar fotos, eles também ganharam novas funcionalidades no setor, como: 

  • realizar entregas, de forma rápida e barata;
  • inspecionar e monitorar armazéns;
  • gerenciar inventários;
  • encontrar itens difíceis de localizar;
  • inspecionar o topo das prateleiras;
  • acessar áreas estreitas e muito mais.

Sendo assim, para 2022, os drones são promissores e a tendência é aplicá-los cada vez mais na rotina, afinal, não há dúvidas em relação ao seu impacto positivo, mesmo ainda em fase de desenvolvimento. 

Então, se você quer realizar entregas rápidas, ter um melhor controle do seu estoque, melhorar a experiência do cliente e garantir sua satisfação, já sabe o que fazer, certo? 

Tecnologia 5G

A tecnologia 5G é, sem dúvidas, uma ferramenta fundamental na logística. Isso porque a 4G apresenta instabilidades e lentidão, podendo atrapalhar no funcionamento dos sistemas. 

Afinal, ninguém quer perder dados ou ficar sem conexão por problemas de rede, não é mesmo? Por isso, a tecnologia 5G permite a interação, em tempo real, entre diversos computadores distribuídos ao longo do armazém, sem limitações e interrupções.

Os impactos são diversos, como:

  • maior velocidade na conexão;
  • controle efetivo nas operações;
  • melhor aproveitamento das máquinas;
  • infraestrutura capaz de lidar com as necessidades modernas, entre outras. 

Dessa forma, o 5G veio para ficar e será uma tendência neste ano de 2022, já que a previsão é que essa ferramenta traga ótimos resultados para o funcionamento logístico, em especial no controle e gestão. 

Aplicações em nuvens

A aplicação em nuvem, ou cloud computing em inglês, é nada mais do que a infraestrutura de tecnologia, armazenamento de dados, soluções de software e segurança através de data centers localizados em diferentes pontos do mundo. 

Então, qual a vantagem desse tipo de tecnologia? A resposta é simples: são diversos os pontos positivos da aplicação em nuvem, como:

  • segurança;
  • confiabilidade do sistema;
  • privacidade; 
  • planos de backup e recuperação.

Além disso, o cloud computing integra os setores, alinhando informações, evitando ruídos de comunicação e otimizando o tempo dos colaboradores, uma vez que a informação compartilhada os deixa a par de tudo, sobrando tempo para se preocupar com o mais importante: o crescimento do negócio.

Last Mile  

A last mile é a última etapa na jornada de compra do cliente e, com certeza, faz parte das tendências logísticas para esse ano. Em tradução livre, significa “última milha”, que nada mais é do que o último esforço para que a conclusão da compra seja satisfatória.

Na logística, esse conceito está relacionado com a experiência do cliente. Assim que a compra é efetuada, o indivíduo deseja receber o seu pedido de forma rápida e eficiente, podendo acompanhar todo o processo e status relacionado à entrega em tempo real. 

Portanto, desfrutar das tecnologias desenvolvidas para a última milha é fundamental para o sucesso da logística. Os softwares para last mile reduzem os custos operacionais e realizam toda a gestão desta etapa, além de ser uma tendência promissora para 2022.

Sustentabilidade 

A sustentabilidade é um assunto em pauta no mundo todo e merece atenção quando o assunto são tendências logísticas. Visto que estudos mostram que, sozinho, o setor de logística e transporte é responsável pela emissão de quase 15% de gases poluentes na atmosfera ao redor do mundo.

Esse número é preocupante e, buscar medidas que minimizem esse número deve ser prioridade para a logística. Entretanto, mesmo querendo implementar a sustentabilidade, algumas pessoas podem não saber o que fazer. 

Por isso, separamos algumas medidas que sua empresa pode adotar visando minimizar os impactos ambientais do setor:

  • embalagens modernas, tendo suas artes impressas diretamente no material e agregando uma conectividade útil em diversos aspectos;
  • uso de transporte limpo e sem emissão de CO2;
  • lockers inteligentes, possibilitam a coleta e distribuição de produtos mais rapidamente aos seus destinos, otimizar a distribuição reduzindo os trajetos e a necessidade de uma armazenagem convencional.

As tendências logísticas para 2022 são diversas e, sem dúvidas, trazem benefícios gigantes para o setor. Por isso, cabe ao empreendedor escolher qual se enquadra melhor no seu negócio e, de preferência, adotar o máximo de opções para o bom funcionamento e redução dos danos ao meio ambiente. 

E aí, gostou do conteúdo? Então aproveite e se inscreva na nossa newsletter e semanalmente, fique por dentro do que acontece no mundo logístico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×