O que é Planejamento de Distribuição (DRP) e quais os benefícios?

O que é Planejamento de Distribuição (DRP) e quais os benefícios?

Um cliente pergunta ao gerente sobre a disponibilidade de determinado produto. Após consultar o computador, o profissional pede desculpas e informa que a mercadoria está em falta na loja. Depois de liberar o cliente, liga para o CD (centro de distribuição), que diz ter muitas unidades à disposição. É para evitar esse problema que existe o DRP, ou planejamento de distribuição.

Leia antes: Logística para e-commerces: os 8 conceitos mais importantes

O conceito reúne diversos processos para que um ponto de venda jamais fique sem mercadorias, mesmo em momentos de alta demanda. Portanto, neste artigo você vai entender melhor sobre planejamento de distribuição e seus benefícios.

Do que se trata o planejamento de distribuição?

Literalmente falando, o DRP (distribution requirements planning) é apenas um software. A magia está na forma como ele cruza os dados e faz análises preditivas que evitam falta de itens nos pontos de vendas e o contrário disso – produtos parados no estoque.

Não se trata de uma planilha com formatação condicional cujo objeto fica em vermelho quando está acabando. A inteligência artificial analisa determinados dados, observa as tendências (baseado em histórico de compras e sazonalidade) e faz recomendações para que não haja uma ruptura – situação do primeiro parágrafo.

Como acontece?

Um DRP integrado com o sistema de gestão do estabelecimento, analisa dados como: fluxo de vendas, estoque e tempo de traslado do CD à loja. Se 50 unidades de um produto são vendidas semanalmente e o fornecedor leva 2 dias para entregar um pedido, a tecnologia sabe qual o melhor momento para fazer uma nova solicitação.

Leia também: Centro de distribuição avançado: aumentando a eficiência das suas entregas

No entanto, há casos onde não é necessário solicitar ao centro de distribuição ou fazer uma nova compra com o fornecedor. Pode haver outra loja, pertencente à mesma rede, com mercadoria parada no estoque. Se a demanda do produto nela for baixa, o DRP sugere uma transferência.

Benefícios do planejamento de distribuição

A Accera, empresa especializada em soluções para cadeia de suprimentos, divulgou um estudo sobre o comportamento dos consumidores frente à indisponibilidade de mercadorias. De acordo com o relatório, 52% dos consumidores deixam de comprar um produto ao invés de levar algo relacionado. 22% vão em busca de outra loja.

Isso mostra uma solução imediata que o DRP proporciona, mas não é só isso. Outros benefícios estão ligados à experiência de compra que sua loja estabelece ao cliente e à saúde do seu negócio. Veja:

  • Evita perda de vendas;
  • Aumento de faturamento, pois o fluxo de vendas não sofre gargalos;
  • Satisfação imediata do cliente;
  • Maiores chances de fidelizar o consumidor.

Conclusão

O planejamento de distribuição garante um equilíbrio entre consumo e estoque. Um ponto de venda que não tem o que oferecer aos clientes só dá prejuízo. Através de um DRP, o gestor sabe o que fazer não apenas para evitar esse problema como estimular um bom fluxo de abastecimento.

Sendo assim, por meio de uma logística eficiente, que leva produtos do centro de distribuição à loja no menor tempo possível, há significativa redução de custos. O investimento em estoque é adequado à demanda e sazonalidade, liberando capital de giro para aplicar em outras tecnologias.

Se seus fornecedores são ágeis no envio de pedidos, por exemplo, convém investir na solução de Cross Docking, que pode aprimorar a logística de distribuição por completo. Dessa forma, prevendo demandas e garantindo abastecimento, o faturamento do seu ponto de venda tem grande potencial de crescimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×