O que aprendi no Vale do Silício: O que é startup unicórnio?

startup unicórnio

O mundo das startups é bastante novo quando pensamos em termos econômicos, para se ter um exemplo o termo “startup unicórnio” só foi cunhado em 2013 quando o fundador da Cowboy Ventures, Aileen Lee, publicou um texto falando sobre as 39 startups que eram avaliadas em mais de um bilhão de dólares.

Desde então a definição de startup unicórnio permaneceu a mesma: uma empresa startup fundada a partir de 2003 que seja avaliada em mais de U$1 Bilhão. Atualmente há 333 unicórnios (essa lista cresce rápido), e 16 decacórnios (empresas avaliadas em mais de U$10 bilhões) no mundo, e 6 unicórnios no Brasil.

Leia também: Entenda a diferença entre startup e pequena empresa

O que é startup unicórnio?

Atingir o status de startup unicórnio é um sonho para muitos empreendedores, porém muitos de nós não entendemos bem o que realmente significa ser um unicórnio, eu mesma só aprendi quando fui trabalhar no Vale do Silício em uma startup de treinamento de fundadores. Para entendermos melhores eu separei dois pontos para serem abordados:

> Unicórnios são empresas avaliadas em U$1BI

É importante aqui ressaltar o avaliadas. O valor de uma startup, que não é vendida publicamente, não é determinado pelo mercado, ou pelos assets da empresa. O valor de uma startup geralmente é determinado pelos investidores baseado em cálculos diferentes, como por exemplo valor de duplicação, ou valor de mercado múltiplo, e muitas outras técnicas. Ou seja, inicialmente, antes de levantar investimentos, quem determina o valor da startup é o fundador, e à medida que investidores vão se juntando à empresa esses são quem determinam o valor da empresa.

> Levantar capital ≠ gerar capital

Como a avaliação dos unicórnios é feita pelos investidores, essas empresas são empresas que levantaram um valor significativo em fundos. Porém isso não significa que essas empresas são lucrativas. Um excelente exemplo disso é o Uber, que hoje é a segunda startup unicórnio de maior avaliação (U$72 BI) do mundo e até hoje não é lucrativa. A aposta dos fundadores e dos investidores é de lucrar quando a empresa for vendida ou em um IPO.

Esses dois pontos nos ajudam a entender melhor os unicórnios por que eles clarificam que essas empresas nem sempre são lucrativas, e que talvez elas até não tenham liquidez. Uma avaliação feita pelos investidores em uma empresa que não é lucrativa pode ser equivocada, o que foi um dos problemas que derrubou a Ofo, por exemplo. A verdade é que na maioria dos casos, unicórnios são empresas de grande sucesso que continuarão a crescer. Porém é importante reconhecer que o mercado das tech startups é um mercado de alto risco, no final das contas ser um unicórnio só vale se houver uma substância por trás da avaliação, e isso só se prova quando os investidores recebem retorno com a venda da empresa, ou, quando a empresa se torna pública.

Como está o mercado brasileiro de startups

O mercado brasileiro de startups não para de crescer. De acordo com a StartupBase, em 2019 o país contou com 10.916 Startups, e um total de 8.932 empreendedores. Essas novas empresas estão distribuídas por 536 cidades ao longo do território nacional.

Crescimento rápido ajudou a dar origem às Startups Unicórnios

O crescimento é bem rápido e ajudou a dar origem aos primeiros unicórnios brasileiros, em 2018, como Nubank, 99, iFood, PagSeguro, Movile e Stone. Isso demonstra o quanto o mercado de Startups está passando por um processo de amadurecimento contínuo.

Os números vêm para provar isso. O nascimento de novas Startups chega a quase 20% ao ano, o que mostra um crescimento bem positivo, mesmo em meio à crise econômica enfrentada pelo país há anos.

O que é preciso para ser uma Startup Unicórnio

Como dissemos, a Startup Unicórnio é aquela que alcança o Valuation de 1 bilhão (ou mais). Para chegar nesse número, a empresa passa por uma série de avaliações, que levam em consideração diferentes metodologias, sendo preciso detectar qual melhor se encaixa no segmento de negócio avaliado.

Os principais tipos de Valuation são:

Avaliação por múltiplos ou por valor de mercado: Consiste na avaliação da empresa em comparação com outras do mesmo segmento;
Avaliação de fluxo de caixa descontado: Realiza uma projeção das futuras receitas tendo como base o histórico de fluxo de caixa;
Avaliação contábil (ou patrimonial): Se trata de um cálculo feito os passivos dos ativos da empresa.

Startups de logística se destacam no mercado

As Startups de logística estão em crescimento constante no mercado graças à capacidade de fornecerem acessibilidade, facilidade e, principalmente, comodidade para públicos distintos, no caso, tanto consumidor final quanto empreendedor.

Os lockers inteligentes, por exemplo, auxiliam no processo logístico de entrega para pequenos, médios e grandes estabelecimentos, otimizando a questão de retirada e entrega de produtos, movimentando a economia de forma geral.

HandOver tem serviço diferenciado quando o assunto é lockers inteligentes

A HandOver é uma startup que nasceu para ir muito além de um serviço de guarda-volumes. Por meio de lockers inteligentes, a HandOver auxilia pequenos, médios e grandes varejistas a otimizarem o serviço de entregas, trocas e retiradas de produtos, facilitando o processo para o cliente ao mesmo tempo em que reduz custos internos.

Navegue pelo site ou entre contato com a gente para saber mais sobre os serviços prestados pela HandOver!

Artigo produzido por Barbara S. dos Santos e atualizado por HandOver
HandOver
HandOver

Viemos para melhorar a logística nas cidades e a mobilidade urbana das pessoas através da transformação do velho guarda-volumes de chaves em um ecossistema de guarda-volumes inteligentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×